preloader

Transformação Digital no setor público

Governo Federal intermediará projetos de TI junto à Cofiex.

O processo de Transformação Digital no setor público ganha força através do Programa Brasil Mais Digital, iniciativa governamental de incentivo à inovação tecnológica dentro dos órgãos públicos. Uma prova disso é que em 20/04/2021, o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) anunciou a liberação de até US $1 bilhão para órgãos do Governo Federal, Estados e Municípios que tenham projetos para investir em tecnologia.

Mas como funciona o Brasil Mais Digital na prática? Continue conosco até o final deste artigo, pois vamos explicar em detalhes essa grande iniciativa e como sua instituição pode se beneficiar deste projeto.

O que é a Cofiex e qual seu papel nos projetos do setor público?

Entenda como Estados e Municípios serão beneficiados.

A Cofiex (Comissão de Financiamento Externo) é composta por diferentes órgãos da Esfera Federal e cuja Secretaria Executiva é especializada em assuntos relativos à economia internacional. A Comissão tem por objetivo defender os interesses econômicos e financeiros do Brasil (SAIN).

A Cofiex tem a função de examinar e autorizar a proposta dos projetos e programas do setor público, além disso, intermediar fundos por meio de investimentos vindos de outros países.

Com objetivo de integrar órgãos públicos entre si, a Secretaria de Governo Digital vai atuar junto à Cofiex para intermediar e recomendar projetos que auxiliem na transformação digital em benefício da população. Com isso, a expectativa é de uma grande economia nas contas públicas, além do ganho na integração de sistemas e projetos entre os Estados e Municípios.

Através da ferramenta Painel Cofiex, você tem acesso a informações dos projetos financiados por bancos com a garantia da União.

Veja no vídeo abaixo o que diz Luis Felipe Monteiro, Secretário de Governo Digital do Ministério da Economia, sobre a atuação do órgão.

“Economia será o Tinder do Financiamento para evitar o desperdício no Governo Digital.”, afirma Monteiro.

O Estado do Ceará é o primeiro a se beneficiar e já recebeu o crédito de US$ 28 milhões com aprovação do Governo Digital, do Ministério da Economia. O desafio será implementar a transformação digital em benefício do Poder Judiciário, modernizando sistemas e a eficiência em prol da população. A modernização vai transformar digitalmente a estrutura e melhorar a produtividade na prestação de serviços e gestão do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJCE).
Estima-se que 2,5 milhões de pessoas serão beneficiadas com  a transformação digital dos serviços recebidos, através da otimização de toda a estrutura através do ganho de tempo e na redução de custos. Além disso, mais de 3.700 servidores públicos do TJCE serão capacitados para trabalharem dentro das novas tecnologias.

Setor Público e o investimento em tecnologia.

Investir em TI é vital para a segurança de dados confidenciais.

Conforme a prática de transformação digital dos serviços públicos ganha tração, a necessidade investimentos em frentes de como Plataformas de Experiência Digitais e  DevSecOps se faz necessária, pois além do ganho de eficiência operacional e automação na entrega de novas aplicações, incorporam-se ainda atividades de segurança no ciclo de vida de desenvolvimento de software.
Em se tratando da administração dos órgãos, no que diz respeito aos dados da população, é sem dúvida um ponto de atenção extremamente importante. Não à toa, Estados e Municípios têm investido cada vez mais em projetos que envolvem o setor de TI e que demandam financiamento para o desenvolvimento em benefício da população.

Pandemia potencializou a necessidade de investimentos em inovação.

Auxílio Emergencial teve suporte de tecnologia de ponta.

Diante da crise causada pela pandemia do novo Coronavírus, o Governo Federal elaborou em caráter emergencial um programa nacional de proteção e suporte financeiro à população, o Auxílio Emergencial. Um aplicativo foi a solução encontrada para dar celeridade ao cadastro, aprovação e consulta do benefício.
A plataforma ainda permite que serviços como consulta do INSS e outros benefícios também sejam realizados de forma online e automatizada, agilizando assim o processo que até pouco tempo era feito presencialmente em agências.
No entanto, a experiência digital enfrentou problemas como o alto volume de acessos simultâneos, extensas filas virtuais (pasmem! os mesmos problemas do mundo real transportados para o mundo digital!), fraudes e erros de leituras de dados. Um sinal claro de que a escolha de uma solução robusta e de um parceiro com experiência na entrega de grandes projetos de inovação fazem toda diferença no processo de transformação digital das instituições.

A Vertigo é parceira de longa data em projetos de inovação em diversos órgãos públicos.

Transformação Digital via Projetos de TI.

A Vertigo está no mercado há mais de duas décadas com a missão de auxiliar empresas do setor público e privado no processo de transformação digital dos seus negócios. Somos parceiros de líderes inovadores que buscam constituir uma operação capaz de implantar novas estratégias, experimentar modelos de negócios e criar novas soluções pela adoção de tecnologias digitais.
Um dos exemplos da nossa atuação de sucesso no setor público aconteceu no projeto Carioca Digital, que tinha como desafio a criação de uma ampla plataforma de relacionamento e serviços da prefeitura com os cidadãos do município do Rio de Janeiro. O Liferay Portal foi a solução escolhida pela IplanRio, empresa responsável por prover serviços de Tecnologia da Informação e Comunicação aos órgãos municipais do Rio de Janeiro.

Para a concepção desta nova plataforma digital, o IplanRio considerou fatores como escalabilidade, roadmap claro de evolução, fácil integração com outros sistemas, estabilidade e facilidade de customização do Liferay Portal, além da experiência da Vertigo com a plataforma.

O Carioca Digital foi lançado em 01/04/2014 e desenvolvido em 9 meses pela Vertigo, Platinum Partner da Liferay no Brasil.

Outro bom exemplo de transformação digital e atuação da empresa junto ao setor público está no trabalho realizado junto à  RNP (Rede Nacional de Ensino e Pesquisa), uma Organização Social (OS) vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC) e mantida por esse em conjunto com os ministérios da Educação (MEC), Cultura (MinC), Saúde (MS) e Defesa (MD), que participam do Programa Interministerial RNP (PI-RNP). A RNP tem como missão promover o uso inovador de redes avançadas para integração global da comunidade acadêmica.
Um dos graves problemas enfrentados pela organização era o ambiente exposto e com alguns módulos hackeados, colocando em risco toda a integridade dos dados. Além disso, os servidores nem sempre conseguiam se manter no ar, o que gerava um alto custo sem entregar o que era esperado. O processo de atualização da plataforma era executado manualmente, o que gerava falhas recorrentes e o tempo para a implementação levava meses.

A Vertigo atuou na implementação de práticas DevOps de uma plataforma global de experiência digital utilizada por mais de 20 países. Para saber mais sobre este case de sucesso que foi essencial no processo de transformação digital, clique aqui.

Você já faz parte da Transformação Digital?

Soluções em TI para o setor público.

Agora que você já conhece mais sobre o Programa Brasil Mais Digital, entre em contato com a Vertigo e entenda como podemos auxiliá-lo no processo de transformação digital da sua instituição.

O nosso time de especialistas está pronto para atender e apresentar as melhores soluções para desenvolver o seu projeto.

Author avatar
Marketing Vertigo