Posts Tagged ‘Carioca Digital’

O Governo, os cidadãos e os dados.

smart city A forma como a Administração Pública lida com os dados que tem, e como esses dados são expostos ao público tem um grande impacto não só na transparência mas na qualidade dos serviços disponibilizadas aos cidadãos e até mesmo para as empresas e negócios locais. Esse assunto aponta para o que entendemos como Cidades Inteligentes. Temos um post onde falamos sobre Cidades Inteligentes e o que o Rio de Janeiro está fazendo de diferentes nesse sentido, clique aqui para ler.

Leia mais


O que é Smart City?

O que é Smart City?

Smart City, dispositivos conectados e serviços integrados para melhor atender ao cidadão!

Você já ouviu falar no conceito de smart city? A ideia envolve sustentabilidade, energia, bom gerenciamento do lixo, melhorias no trânsito, integração entre sistemas públicos, oferta de serviços – digitais – para o cidadão e etc. Basicamente o conceito de “cidade inteligente” é permitir a evolução do uso dos recursos disponíveis, interpretando dados e fazendo com que esses dados se transformem em informações úteis para quem está naquela cidade. Muitas cidades no mundo já estão seguindo esse conceito. Aqui no Brasil, nós também temos iniciativas dessa natureza, dentre algumas cidades, o Rio de Janeiro possui destaque com o projeto Carioca Digital, implantado pela Prefeitura em parceria conosco.

Leia mais


O Governo e suas APIs

API Integrando sistemas

A conectividade é algo realmente impressionante. Através dela, conseguimos comprar, publicar, comentar e realizar tantas outras funções que facilitam nossa rotina pessoal e profissional virtualmente de qualquer lugar, seja a partir do nosso computador, ou de dispositivos móveis. Mas como atingimos esse nível de interatividade?

As APIs (O que é API?) foram responsáveis por interligar diversos sites e serviços web e por difundir o uso dos apps móveis. Cada vez mais a iniciativa privada está adotando as APIs (API para B2C e B2B). Mas e o Governo? Olhando para os avanços da informação dentro da iniciativa privada, podemos pensar o quanto as APIs podem ser utilizadas por outras entidades, como o governo, para otimizar vários recursos.

Transparência

Através de dados públicos, uma API pode ser usada para fazer a comunicação entre um portal aberto e o sistema de compras do governo, disponibilizando fornecedores, contratos e licitações. Sites como o portal brasileiro de dados utilizam APIs para apresentar suas informações de maneira mais amigável para o usuário, separada por tópicos ou interesses. Muitos apps usam essas APIs para diponibilizar os dados em várias visões diferentes.

Sustentabilidade

Uma API poderia usar, por exemplo, os dados do INPEIPAM e SINIR, para ter uma melhor noção da geração e destinação de resíduos, do desmatamento, degradação florestal e outros dados, tornando-os mais acessíveis e de maior compreensão do cidadão. O próprio cidadão também poderia colaborar com a alimentação desses dados.

Oportunidades de emprego

Utilizando-se de dados de recenseamento demográfico, um aplicativo poderia, através de uma API, mapear a maior empregabilidade de uma certa cidade ou região usando indicadores do IBGE para auxiliar pessoas que estão pensando em se mudar. Poder visualizar se na sua área de atuação existe, ou não, um número considerável de profissionais na região, pode ser determinante para essa decisão.

Educação

Essa é outra área do governo que pode ser amplamente beneficiada pelo uso de APIs. Através delas, as escolas que contam com Educação para Jovens Adultos (EJA) poderiam ser mapeadas, tornando essa informação mais acessível para que adultos que não terminaram os estudos sejam melhor orientados em como retomá-los. Poderiam também ser usadas em uma plataforma digital, que informa qual é a Unidade Municipal de Ensino Infantil, ou UMEI, mais próxima, além de reunir fotos e detalhes da escola.

Conclusão

O Brasil está caminhando para deixar cada vez mais dados acessíveis, definindo uma infraestrutura nacional de dados abertos, o INDA. Algumas das iniciativas, citadas anteriormente, estão em construção. Isso significa mais informação disponível para elaborar APIs mais amplas, complexas e úteis. O Governo brasileiro está investindo cada vez mais na construção de um legado digital,  entre nesse link e conheça a iniciativa.

O poder das APIs pode ser usado para melhorar os serviços prestados ao cidadão, com possibilidades incontáveis e potencial de aplicabilidade enorme. No caso do Rio de Janeiro, a prefeitura está investindo na criação do Carioca Digital, que é um portal único onde o cidadão que tem interesse nas informações do Rio, poderá acessar todos os serviços online oferecidos pela Prefeitura. Investe também no Data.rio, que é um portal de dados abertos que traz informações relevantes sobre vários serviços públicos categorizadas por áreas de interesse.

Frente a tantos possíveis usos das APIs nas esferas governamentais, é impossível não pensar no que ainda está por vir de inovação nesse campo e quantos serviços podem ganhar um boost de qualidade com a ajuda da tecnologia.

Saúde, cultura, moradia, socialização, quais outras áreas você acredita que podem fazer um bom uso de APIs? Conte suas ideias e opiniões para nós ou entre em contato!

Leia mais


Canais

Assine a nossa newsletter:

   


Av. Rio Branco, 151, sala 1002 – Centro
Rio de Janeiro, RJ - Brasil
CEP 20040-911
+55 (21) 2232-0123