4 Dicas para aumentar o engajamento na sua API

engajamento-api

O desenvolvimento da tecnologia está possibilitando a integração de uma infinidade de sistemas que antes pareciam improváveis de se conectar. Um dos catalisadores desse movimento são as APIs e as estratégias executadas com elas. 

| Clique aqui caso você ainda não saiba sobre APIs

Com esse avanço, as novidades deixam de ser só interessantes e passam a se tornar necessárias, já que a modernidade impulsiona novos modelos de negócios.

Desenvolvedores e usuários buscam soluções simples, que tenham boa usabilidade e que consigam ser facilmente integradas à diferentes plataformas. Isso serve para serviços online como o Hubspot, o PagSeguro, o Google Maps; bancos; e para sistemas complexos que são responsáveis por tarefas vitais de empresas, como os CRMs.

Por isso, é importante que o desenvolvimento das APIs seja otimizado para que a integração com novos sistemas aconteça sem grandes problemas.  Aqui na Vertigo Tecnologia, por exemplo, utilizamos APIs para melhorar a qualidade do KM de Vantagens. Os resultados foram excelentes.

| Conheça o case da Vertigo com o KM de Vantagens da Ipiranga.

Você já tem plena noção do quanto APIs são importantes para seu negócio. Por essa razão, reunimos nesse post 4 super dicas para melhorar a criação da sua API e facilitar o crescimento do seu negócio. Acompanhe!

Turbinando suas APIs

Antes da ação vem o planejamento. Um bom estudo evita retrabalho e faz com que seu procedimento seja mais preciso. Por isso, desenhe e decida como sua API irá lidar com as chamadas, como você vai documentar as funcionalidades e defina as limitações e escopos de uso. Esses são fatores cruciais a serem considerados no momento de criação.

Lembre-se: Tão importante quanto criar, é monitorar o que está acontecendo com sua API.  Se a documentação for inconsistente, estranha, difusa, corre-se o risco de confundir os usuários e até afetar a sua base ou mesmo potenciais usuários.

Vamos explicar os conceitos mais detalhadamente. Confira abaixo.

1. Crie uma boa documentação

Um fator importante no desenvolvimento de uma boa API é facilitar a experiência do usuário – que no caso também é um desenvolvedor – para que ele consiga aproveitar as vantagens oferecidas pela sua API. Por isso a documentação se torna essencial. É ela quem vai mostrar como trabalham as funções e respostas de chamadas da sua API.

Nessa fase, pode-se criar até mesmo tutoriais simples para que o desenvolvedor comece a entender melhor o que ele pode atingir com aquilo que você está ofertando para ele. Crie uma documentação clara, veja como que outras empresas estão criando essa documentação, seja transparente e use a comunicação de forma simples.

Tão importante quanto ter uma documentação clara, é fazer testes para verificar se está tudo correto. Pode parecer óbvio, mas nem sempre acontece. Outra dica é testar com outros programadores para garantir que essa documentação, de fato, oferece informações satisfatórias. Isso incentiva o uso da API e ajuda a crescer a plataforma.

2. Seja Consistente

Ser consistente no desenvolvimento é o que vai fazer com que programadores consigam entender as funcionalidades de forma intuitiva sempre que houverem mudanças ou melhorias. Isso é mais do que um aspecto importante para auxiliar o usuário da sua API,

Assim como softwares, uma API precisa ser atualizada para garantir que ela continue segura e estável. Grandes empresas, como o Facebook e a Apple, têm o costume de atualizar suas APIs constantemente. Algumas vezes isso causa uma boa dor de cabeça para desenvolvedores que tentam entender formas de manter suas plataformas funcionando da mesma maneira.

Por isso a consistência é importante! Faça melhorias na sua API sempre buscando manter uma linguagem que siga o mesmo padrão e trabalhe intuitivamente. Dessa maneira você evita que outros programadores tenham dificuldades em manter seu uso e abandonem a integração com a sua plataforma.

3. Crie mensagens de erro compreensíveis

Durante a integração de diferentes plataformas com o uso da sua API é provável que alguns erros ocorram. Esse tipo de problema é normal, podendo ser facilmente resolvido caso o desenvolvedor consiga identificar o problema, e trabalhar para que ele seja corrigido. Mas, para que isso seja possível, você precisa ajudá-los com mensagens de erro explicativas ou com códigos que tenham referências na sua documentação.

Simplesmente criar uma resposta de “ERRO”, ou “ERRO FATAL”, durante os testes vai tomar um grande tempo dos programadores para que eles possam encontrar os problemas específicos analisando o código. Mapeie os principais erros e torne isso visível na sua documentação.

4. Planeje a longo prazo

É possível reparar que algumas APIs são robustas e atendem muito bem as necessidades imediatas do serviço ou sistema, mesmo que não exista um planejamento de longo prazo. É preciso planejar uma evolução, projetar algo rigoroso logo no início. Isso pode inibir o crescimento potencial daquela API, mas ter um roadmap pode lhe render uma vida útil bem maior.

Ao desenvolver sua API é essencial que você analise as possibilidades atuais da sua plataforma e entenda as diferentes formas de integração possíveis no presente. Isso propicia para que seja possível atender demandas de forma rápida e eficiente. É  importante também pensar no futuro!

Se questione:  Quais são os planos de melhorias na sua plataforma? Você planeja oferecer novas funcionalidades? O que você vai precisar oferecer no futuro?

Sabendo disso é possível desenvolver a sua API de maneira otimizada para que futuramente seja mais fácil incorporar novos elementos, e facilitar o trabalho dos desenvolvedores quando as novas funcionalidades forem disponibilizadas.

CONCLUSÃO

Para que você consiga uma grande taxa de adoção inicial da sua API, é necessário fazer com que ela seja amigável, tanto em um primeiro momento, como futuramente. Sendo assim assim, faça de tudo para que desenvolvedores tenham facilidade em entender sua API e consigam criar suas soluções sem grandes problemas.

Seguindo esses passos e oferecendo suporte constante de qualidade, sua API será a mais adotada e amada. Os desenvolvedores conseguirão criar soluções novas de forma simples, e sua plataforma será cada vez mais utilizada.

Está com alguma iniciativa para desenvolver APIs dentro da sua empresa? Entre em contato conosco, podemos te ajudar com esse processo!

Este texto foi interessante para você? Então clique no botão azul abaixo e receba o nosso conteúdo direto no seu e-mail, sem spam, é claro! 

NEWSLETTER-vertigo