O crescimento do uso das APIS

O crescimento do uso das APIS. Nesse texto vamos abordar o rápido crescimento do uso das API e a importância que esse movimento apresenta!

Desde os primórdios da computação, os sistemas já “conversavam” uns com os outros, a fim de compartilharem informações e resolverem questões dos mais variados tipos, [A Economia das APIs já está aqui! Você está pronto?] clique conheça a origem de uma API. Essa conexão entre empresas vem crescendo muito ao longo dos últimos anos, principalmente devido à utilização cada vez maior de APIs – interfaces capazes de estender o alcance dos ativos de uma empresa e permitir que eles sejam compartilhados, reutilizados ou revendidos. Sim, pode se tornar uma nova fonte de receita para a empresa, [Estratégia de Monetização de API] clique veja como! E da mesma forma que tecnologias como Cloud Computing e Big Data, as APIs estão evoluindo de maneira rápida e sendo disseminadas por quase todas as regiões do planeta, pois elas permitem que soluções assim sejam desenvolvidas. Com base em algumas pesquisas, decidimos mostrar no post de hoje alguns números que comprovam o crescimento acelerado do uso das APIs e explicar o porquê dessa tecnologia estar evoluindo tão rapidamente.

O número de APIs disponíveis

Em uma pesquisa realizada em 2012, a GetElastic e a Monetate estimaram que, até 2016, veríamos cerca de 30 mil APIs. Além disso, elas afirmaram que, a cada semana, 100 novas APIs seriam lançadas. Já outro estudo feito pela ProgrammableWeb mostrou que apenas 2 mil APIs foram adicionados em seu diretório em 2015. Hoje, ele conta com mais de 18 mil APIs, enquanto que o diretório ApiHound possui mais de 50 mil APIs. Como você pôde ver, existe uma certa confusão entre os dados apresentados por essas pesquisas. Isto porque elas levam em consideração apenas os APIs disponíveis publicamente, não refletindo assim o crescimento das APIs privadas [API pública ou Privada, como escolher?]. Além disso, muitas organizações só permitem acesso a sua API por meio de contas premium, o que as torna menos visíveis do que as APIs públicas. Alguns especialistas afirmam, inclusive, que o crescimento das APIs privadas superam o das APIs públicas. As pesquisas também não levam em conta o fato de que muitos desenvolvedores preferem utilizar APIs de terceiros, ao invés de construírem uma solução interna. Resumindo, ainda não foram disponibilizas pesquisas claras sobre o uso das APIs. Mas o seu crescimento ao longo dos últimos anos é, de fato, uma realidade. Como exemplo, podemos citar o caso do MailChimp API, que em 2007 possuía apenas 102 usuários. Mas no começo de 2016, sua versão mais recente atingiu a marca de 80 milhões usuários. Outro exemplo é do Netflix API. Somente em 2010, esse API disponibilizado pela companhia Netflix cresceu cerca de 37 vezes, em comparação com o ano anterior. Estes foram apenas dois dos vários APIs cujo uso teve um enorme crescimento.

API e o seu Mercado Consumidor

APIs não são mais vistas como complicadas ou como serviços desenvolvidos apenas por programadores experientes que tiveram que fazer anos de curso na Nasa. Aplicativos como IFTTTZapier e Pipefy são interessantes porque eles já abriram a funcionalidade de APIs para não-devs, sim são ferramentas que possuem APIs mas que você não precisar se especialista para se preocupar com a parte técnica e sim com o desenvolvimento da solução de Negócio. Se você já viu alguém cross-posting no Instagram, Facebook e Twitter ao mesmo tempo, então você já deve ter visto IFTTT em ação. Embora seja verdade que muitos aplicativos extremamente populares fazem uso de APIs, eles geralmente o fazem de tal forma que o consumidor médio provavelmente não percebem isso. Zapier e IFTTT estão entre os primeiros a usar de forma transparente APIs de uma forma que o usuário médio da Internet pode entender. Da mesma forma que Myspace permitiu uma geração de programadores amadores, permitindo o uso de HTML para criar páginas de perfil personalizadas, IFTTT e Zapier estão criando os consumidores API amadores, incentivando-os a criar suas próprias receitas ou Zaps. O que torna esses dois aplicativos importante é que eles estão crescendo no mesmo tempo em que o conceito de Internet das Coisas.

Produtos e Serviços B2B

Olhando para o mercado de B2B, a projeção é que as APIs continuem a crescer e a ter um impacto cada vez mais significativo dentro de cada empresa. Uma técnica de crescimento comum para startups e outras empresas em crescimento é criar integrações com outras organizações que já estão estabelecidas ou já tenha uma forte aderência de um determinado público. Integração, e nesse caso, APIs, assim, continuam a ser um fator chave para as organizações B2B! A ideia de “ligação/ponte” é fundamental para diversos Negócios digitais. Um exemplo é que 41,4% dos entrevistados pela SmartBear, responderam que a integração com ferramentas existentes é o primeiro ponto que eles avaliam, pois estimam, através das APIs, o seu potencial de utilização.

A crescimento da economia API por ‘setores’ da tecnologia

Todo setor da tecnologia depende das APIs de alguma forma. Abaixo, listamos algumas das principais áreas que estão sendo impactadas pelas APIs nos últimos anos::

Internet das Coisas [API e Internet das Coisas]

As APIs são consideradas as tecnologias ‘inter-conectoras’ que fornecem a interface entre os mais diversos dispositivos (como óculos, geladeiras, relógios, entre muitos outros). Em um estudo promovido recentemente pela SmartBear, 44% dos fornecedores de API entrevistados disseram que a Internet das Coisas irão conduzir o crescimento do uso das APIs nos próximos dois anos de forma significativa.

Redes Sociais

Aplicativos como iAlien e TweetDeck, voltados para usuários do Reddit e Twitter, só puderam ser desenvolvidos graças à disponibilização de APIs por essas duas redes sociais. É por isso que, nos próximos anos, essas e muitas outras redes sociais continuarão disponibilizando APIs para desenvolvedores construírem novos aplicativos para usuários e promoverem a sua expensão por todo o mundo.

Serviços bancários

As APIs também estão contribuindo para a evolução dos serviços bancários pessoais, através da criação de processos mais rápidos e da melhor integração com outros serviços. Além disso, elas estão colaborando para o surgimento de carteiras virtuais. O Block.io, por exemplo, utiliza APIs para criar uma carteira que armazena em um só lugar os Bitcoins, Dogecoins e Litecoins dos seus usuários. O Nubank é outra aplicação que utilizada APIs. O GuiaBolso é outra aplica

Conclusão

O que podemos concluir é que o universo das APIs está crescendo a passos largos. O número de APIs pode não estar crescendo a um ritmo previsto há alguns anos atrás. Porém, a sua utilização não mostra sinais de estagnação. Com o progresso das tecnologias móveis e da Internet das Coisas, não há dúvidas que as APIs continuarão amadurecendo e cada vez mais empresas as utilizarão como um fator chave para o crescimento de seus negócios. A economia digital só está crescendo desse forma por conta do uso das APIs e isso é inegável! Se tiver ficado com alguma dúvida, aproveite para entrar em contato conosco. E se cadastre no nosso blog, é só você clicar aqui e nos contar o que você quer receber!

Tags: , , , ,

Trackback de seu site.

Vertigo

Somos uma consultoria de negócios focados em TI, agilidade e inovação são aspectos que levamos a sério. O nosso objetivo é Ajudar o nosso cliente a crescer utilizando a Tecnologia, é nisso que acreditamos!
  • Parabéns pelo artigo. Gostei muito do conteúdo e extremamente pertinente.

    • VertigoTecnologia

      Olá André, tudo bem?

      Obrigado pelo comentário. Quem bom que você gostou e achou o post pertinente.

      Estamos sempre publicando algo novo sobre APIs e outros assuntos, já conheceu a nossa categoria de Gestão de Performance Digital?

      Obrigado e fique por perto para receber nossas novidades.

Canais

Assine a nossa newsletter:

   


Av. Rio Branco, 151, sala 1002 – Centro
Rio de Janeiro, RJ - Brasil
CEP 20040-911
+55 (21) 2232-0123