preloader

Transforme sua TI corporativa em uma facilitadora de inovação com Cloud Native

O tempo corre cada vez mais rápido e com ele novas tecnologias surgem e outras se tornam obsoletas. Sendo assim, a necessidade de qualquer empresa se tornar digital só cresce!
Essa aceleração digital é bem recente, já que há menos de uma década as organizações estavam direcionadas em aperfeiçoar o data mining e colaboração virtual em suas TIs tradicionais.
Para as empresas que entram agora no mercado e têm como base conceitos ligados a DevOps, a jornada tem sido mais tranquila por não possuírem muitos entraves como redes corporativas complexas e, muitas vezes, altamente burocráticas e engessadas. Para as que estão estabelecidas há algum tempo e baseadas nos conceitos da TI tradicional, a transição pode ser mais difícil.
Com a Transformação Digital, as empresas estão migrando de data centers estáticos e tradicionais para um mundo mais dinâmico com cloud native, private cloud, multicloud, fortemente baseado em plataformas de tecnologia como Kubernetes. Alguns dos motivos dessa transição são:

  • Busca por otimização de recursos;
  • Necessidade de maior escalabilidade e resiliência;
  • Manutenção facilitada;
  • Acesso a novas tecnologias.

Muitas organizações estão substituindo recursos tradicionais por ferramentas colaborativas, soluções como serviço e aplicações de gestão para acelerar a Transformação Digital. Mas ainda existem obstáculos nas TIs tradicionais que impedem a inovação, como a seguir:

Entrave da automação

A TI tradicional possui baixa maturidade de infraestrutura para suportar a digitalização dos negócios. Para automatizar processos é necessário racionalizar, otimizar e automatizar cada etapa de um negócio.
É necessário incluir a automação em toda cadeia de valor, seja na rotina de trabalho dos funcionários, na captação de clientes, também no fechamento de vendas, fabricação e envio de produtos, na contabilidade financeira, assim como na verificação de métricas.

Visão ultrapassada sobre o papel da TI

Infelizmente muitas empresas ainda não enxergam sua TI como diferencial competitivo e estratégico para os negócios. Para estes gestores a Transformação Digital é modismo ou algo passageiro, restrito a certos segmentos da companhia ou apenas parte do negócio.
Ter um departamento de TI não é o suficiente para se tornar uma empresa ágil ou digital. Se a sua área de inovação é isolada do resto da organização, enquanto a cultura da empresa e sua gestão ainda possuem uma mentalidade antiga, se prepare: sua companhia corre o sério risco de ficar para trás.
Então, como a TI corporativa pode se transformar de gargalo para ser facilitadora de inovação? Leia o nosso artigo e descubra!

Dificuldades na transição entre realidades

Com a transição para o mundo cloud native, nada é jogado fora, não é necessário recomeçar tudo do zero. Deve haver a ponte dos sistemas legados (banco de dados) para serviços modernos (aplicações web ou mobile).
Existem alguns obstáculos que uma organização precisa lidar quando estão transicionando de uma TI tradicional para uma TI moderna. São eles:

Provisionamento

No mundo estático a equipe de TI conhecia e sabia quais eram todos os servidores que tinha (eles tinham até nomes! :-D), já o mundo dinâmico é mais heterogêneo e efêmero.

Segurança

Na TI tradicional tudo é protegido pelas quatro paredes do datacenter físico. Com a abertura do código há, consequentemente, uma diminuição da percepção de confiança. Sendo assim, é preciso ter mais controle sob a identidade de cada  serviço. 

Redes

Anteriormente todas as informações de rede eram baseadas no servidor que estava rodando. Na TI moderna o IP interno muda o tempo todo e já não é mais válido, também sendo necessário possuir a identidade do serviço.

Orquestração

A infraestrutura dedicada e homogênea se transforma em uma infraestrutura dinâmica, com suporte maior para diferentes tecnologias.
Os desafios para transformar a sua TI corporativa podem parecer assustadores a princípio, mas podemos garantir que os resultados valem a pena! Sendo assim, vamos te ajudar nesse processo. 

Como começar?

Mapeamento dos serviços e sistemas

Para começar a Transformação Digital para valer é necessário o conhecimento do que a empresa possui dentro de casa, saber exatamente o que os seus serviços, sistemas e dispositivos são capazes de entregar de valor. Assim como capacitar as equipes para explorarem melhor as possibilidades existentes.
Muitas vezes o que faz a rede se tornar lenta, por exemplo, é o mau dimensionamento dos recursos devido à falta de visão estratégica sobre o ambiente tecnológico. O desenvolvimento de assessments globais permitem o conhecimento de todas as ferramentas de TI e seus recursos.

Capacidade de funcionamento

Depois de mapeado os recursos (sistemas, serviços e dispositivos), é necessário saber se estão sendo oferecidas as melhores condições para que funcionem na velocidade e eficiência desejada.
Uma TI moderna de alto desempenho depende de uma boa rede de dados com alta disponibilidade e veloz.

Visibilidade integrada

Quando o usuário abre um chamado, muito provavelmente é por não conseguir resolver a situação sozinho, já que não consegue ver onde o problema está. Por isso, o suporte precisa ter uma visão de 360 graus da infraestrutura de TI, com a resposta nas mãos para qualquer tipo de problema.
Boa parte dos incidentes está relacionada ao elevado consumo de recursos de rede. Para ter um mapa abrangente do que está sendo consumido, o melhor é usar uma solução tecnológica especialmente desenhada para isso e que permita coletar informações precisas e inteligentes sobre o consumo das aplicações e dispositivos.

Monitoramento e otimização

Atingir uma visão completa da sua TI deve se tornar rotina para que a melhoria do tráfego de dados e das respostas das aplicações possam ser garantidas. A tomada de decisão dos gestores de TI, administradores de rede e desenvolvedores é facilitada quando há visibilidade necessária.
Com isso, é possível promover as correções necessárias, desde o dimensionamento adequado dos recursos, isolando as causas, até o reforço da segurança, garantindo a satisfação dos usuários.

Soluções

Uma transformação cloud native, quando realizada de maneira ponderada e gradual, tem risco reduzido e controlado. O sucesso também depende do envolvimento de todos da organização e de seus parceiros.
Para concluir esse processo é importante elaborar e implementar a estratégia certa com as soluções mais adequadas para os entraves identificados. São elas:

  • Infraestrutura como código permite repetir a mesma infraestrutura em diferentes ambientes e plataformas;
  • O provisionamento self service proporciona a reutilização de blocos de códigos de infraestrutura;
  • Provisionamento em governança possibilita que o profissional de desenvolvimento estabeleça regras de negócio para decidir o que pode ser provisionado ou não;
  • Centralização de acesso aos “segredos” (senhas, chaves de acesso) traz mais segurança para as aplicações;
  • A Orquestração auxilia quando há mais serviços para deploy do que máquinas virtuais.

 

Pensamentos finais

A abordagem cloud native requer investimento e uma nova maneira de pensar, com novos paradigmas de desenvolvimento. Apesar de muitos conceitos convencionais permanecerem necessários, como um bom design e testes automatizados, realizar esta transição abre diversas portas de inovação para a sua TI corporativa. Alguns dos principais benefícios adquiridos:

Experiência do usuário aprimorada

Transformar a experiência do cliente é o processo mais visível das iniciativas que fazem parte da Transformação Digital. O investimento nesta área aprimora o conhecimento sobre o consumidor, revisa a jornada de compra e aumenta a receita.

Processos operacionais simplificados

Por meio da digitalização dos processos, capacitação de colaboradores e gerenciamento de desempenho é possível obter benefícios, já que a automação permite que as empresas concentrem os esforços dos seus times em atividades mais estratégicas.

Diversificação do modelo de negócio

As organizações não mudam apenas a forma como as suas funções operam, mas também redefinem como as equipes interagem entre si e, inclusive, o escopo de atividade da companhia. Ou seja, é possível buscar, até mesmo, novos modelos de negócios por meio da cloud native.
O processo de transformação da sua empresa pode ser executado com resultados rápidos que justifiquem esta decisão e sua continuidade. A TI corporativa pode deixar de ser inimiga da transformação para ser seu principal catalisador.
A Transformação Cloud Native acelera o desenvolvimento de soluções e simplifica sua sustentação. Sua empresa passa a desenvolver nova cultura, práticas e ferramentas que, aliadas a times autônomos e à automação da cadeia de software, promovendo mudanças frequentes de forma mais ágil e segura. 
Gostou do nosso conteúdo? Fale com um dos nossos especialistas para descobrir como Vertigo pode te ajudar a transformar a sua TI em uma grande facilitadora de inovação.

Descubra o quanto sua empresa é Cloud Native com este questionário e receba um relatório com propostas de aceleração

Preencha o formulário para conversar com os nossos especialistas e saber como esses métodos podem ajudar a sua empresa chegar ao sucesso.


Author avatar
Marketing Vertigo