Transformação Digital – Você está pronto?

transformação-digital

Transformação Digital é um dos termos mais quentes do mundo corporativo, no momento. O vocábulo significa um movimento pelo qual empresas utilizam tecnologia para inovar,  reinventar seus modelos de negócio e crescer exponencialmente. Essa ação implica em mudanças estruturais, em termos de infraestrutura e software, mas também em profundas mudanças culturais.

Não existe um Checklist a ser seguido para trilhar os rumos da Transformação Digital, mas existem tecnologias que compõem essas jornadas digitais, como por exemplo APIs, Analytics, IoT, Cloud, Social, Inteligência Artificial (AI), Mobile, entre outras.

A Gartner aponta para um grande investimento em Transformação Digital até 2020. A empresa de consultoria diz que 58% dos CEOs pretendem prover estratégias para alinhar negócios e tecnologia.

Já a IFS World – empresa especializada em softwares – aponta, em um estudo realizado em mais de 16 países diferentes, que 90% das empresas estão com orçamento alocado ou possuem forte desejo em investir em Transformação Digital, nas tecnologias de Internet das Coisas, APIs e Big Data & Analytics.

O conceito de Transformação Digital surge em um momento de super empoderamento do consumidor. Eu, você, e possivelmente até sua avó, somos muito mais criteriosos no momento da compra de produtos e serviços. Nós pesquisamos e questionamos muito antes de decidir qual produto ou serviço vamos comprar.

A internet nos deu a rédea do processo de compra. O mundo está mudando muito rápido e os consumidores do futuro serão ainda mais exigentes do que os de hoje. Em breve, a geração dos nativos digitais – a chamada Geração Z – será a maioria da população economicamente ativa e esse grupo não diferencia a vida online e offline. Com essas considerações, surgiu o norte da Transformação Digital: A experiência do usuário (Customer Experience).

customer-experience-experiencia-usuário-transformação-digital

Muito além do Customer Experience

Você já se deu conta da facilidade para consumir determinados tipos de serviços? O Uber, por exemplo, coloca um carro na sua frente após alguns cliques no smartphone. Com a ação, o usuário sabe antes de solicitar a corrida qual o valor cobrado, sem surpresas.

Outro exemplo revolucionário são as seguradoras que cobram por hora, e não por mês. Funciona da seguinte forma: Você tem um carro, do qual utiliza para ir e voltar do trabalho. O resto do dia ele permanece na garagem. Imagine ser cobrado apenas pelo tempo em que seu carro está na rua? Incrível!

Não estamos chamando a atenção apenas para as tecnologias que proporcionaram a existência desses serviços, como é o caso da popularização dos smartphones e melhora nos sistemas de geolocalização.

A Transformação Digital implica na mudança de uma lógica de negócio, que flexibiliza serviços, para a máxima adequação ao cliente.

Segundo Gartner, Customer Experience é o novo campo de batalha. É onde as empresa efetivamente vão se digladiar por seus clientes.

A Transformação Digital envolve novas formas de trabalhar, novas linhas de negócios e um profundo entendimento da economia digital, tornando estritamente necessário entender profundamente os hábitos de consumo do público-alvo. Isso provavelmente envolverá a interrupção de algumas formas atuais de trabalho e suas linhas de negócios existentes.

Agora que demos um panorama geral do que é, vamos avançar um pouco e descobrir como posicionar sua empresa na era digital.

Iniciando sua Transformação Digital

Se você está apenas iniciando sua transformação digital, há duas coisas que devem ser consideradas para aumentar as chances de sucesso de sua jornada.

Primeiro, assegure-se de que você tem a capacidade de capturar e reter informações de seus clientes através dos canais existentes, seja através de seus produtos ou de seus canais digitais. Isso permitirá que você aproveite os dados coletados para realizar análises profundas e realmente compreender seu cliente, além de reinventar suas ofertas para ajudar a solucionar os problemas dos seus consumidores.

Em segundo lugar, não trate a transformação digital como um projeto comum. Essas duas coisas são muito diferentes. Se o seu sucesso for medido por prazos de entregas e custos, você está se preparando para o fracasso. Muitas iniciativas  saíram dos trilhos devido a uma falsa percepção de fracasso, devido às formas tradicionais de medir o sucesso do projeto.

É necessário uma mudança cultural significativa, e isso implica em definição de KPIs diferentes. Essas transições acontecem ao longo do tempo e devem ser avaliadas de outras maneiras como:

  • Aumento do nível de engajamento do cliente
  • Elevação do número de ofertas que atendem às necessidades do cliente
  • Estabelecimento de novas linhas de negócios que alavancam as tecnologias digitais, para citar algumas.

Algumas organizações vão desenvolver um modelo de integração de negócios entre consumidores, fornecedores e funcionários para criar ou trocar bens, serviços e interação social. Outras podem interagir com plataformas digitais que vão interfacear com sistemas legados de outras instituições.

Independente da configuração, a estratégia deve ser pensada de forma a integrar os negócios e as necessidades de TI, além de estabelecer uma visão de liderança coletiva. As empresas devem decidir o que faz sentido para a sua organização e os objetivos de negócio em longo prazo.

Etapas da Transformação Digital

Hora de sermos mais práticos. Agora que você tem uma visão do que é o conceito tratado no texto, veremos quais as etapas da Transformação Digital.

Como dissemos no início desse conteúdo, não existe uma maneira correta de fazer isso. Para nossas instruções, utilizaremos os conceitos da Gartner. A companhia traçou quatro passos para uma empresa ser digital. Vamos ver abaixo.

1 – Construa e explore as parcerias

A tecnologia do futuro funciona, muitas vezes, de maneira complementar/adicional à outra. Famosas empresas de tecnologia já atuam dessa maneira. O Spotify e o Facebook são um exemplo disso. O app de streaming de música permite o login em sua plataforma com a conta da rede social.

A criação de ecossistemas de negócios ou de um marketplace deve ser um dos objetivos máximos dos CIOs. É preciso estar com um ambiente que proporcione a boa convivência entre os agentes do negócio, seja o fornecedor, clientes ou os sistemas internos. Uma boa estratégia de APIs pode ser essencial para isso.

2 – Planeje a TI

Aqui estamos mais um vez com a palavra “integração”. Transformação Digital tem a ver com intercâmbio entre as áreas. Ter a equipe de infraestrutura e desenvolvimento atuando em conjunto é essencial para isso. A implementação de DevOps certamente pode ajudar com isso.

Ao planejar, é preciso estar atento a quais negócios e cenários de planejamento estratégico de TI são prováveis de ocorrerem e rever as implicações, limitações, interdependências e risco da estratégia como um todo.

3 – Entregue valor

Nesse quesito as plataformas digitais são as protagonistas. CIOs devem dar atenção redobrada à elas. Elas são uma das principais ferramentas para criar valor para os funcionários, clientes e parceiros.

Elas precisam ter uma interface amigável e atrativa para os clientes. Criar um ambiente desse tipo não é simples, caso não se tenha a ferramenta certa. Os CIOs devem criar uma equipe multidisciplinar, focada para fortalecer a estratégia de plataformas digitais e identificar táticas potenciais de monetização e impactos sobre o risco.

4 – Evolua a arquitetura de negócios

Estar atento às mudanças é essencial hoje em dia, e será ainda mais quanto mais enraizada a tecnologia estiver em nossas vidas. Os CIOs devem se concentrar no crescimento tecnológico, mas também em fazer com que a arquitetura de negócios evolua para oferecer suporte à governança, confiança, estratégia, reputação, segurança e economia.

Você já iniciou a sua Transformação Digital?

Para o Stephen Powers, vice-presidente da Forrester – empresa especializada em pesquisa – Transformação Digital é sobre aproveitar os ativos digitais e os ecossistemas para melhorar continuamente os resultados dos clientes e, simultaneamente, aumentar a agilidade operacional. O resultado disso é uma reinvenção do seu modelo de negócios com a tecnologia no centro de tudo.

Aqui na Vertigo Tecnologia estamos sempre atentos a esse assunto. Vivemos um intenso momento de transição e evolução tecnológica, e estamos maravilhados com isso. Em nosso blog estamos constantemente falando sobre tecnologias inovadoras e disruptivas com potencial para alavancar o resultados de empresas dos mais diversos nichos.

Ficou interessado? Assine nossa newsletter e fique por dentro do nosso conteúdo!

Até mais!

Etiquetas: , , ,


Canais

Assine a nossa newsletter:
   

Av. Rio Branco, 151, sala 1002 – Centro
Rio de Janeiro -  RJ - Brasil - CEP 20040-911
+55 (21) 2232-0123