Como a cultura DevSecOps pode auxiliar no processo de adaptação à LGPD

lgpd

Os dados são os ativos mais valiosos do século 21 e por isso a sua segurança é algo que merece toda atenção, principalmente quando se diz respeito ao desenvolvimento de soluções tecnológicas. Assim, não é por acaso que nunca se falou tanto sobre o assunto e se investiu tanto em sistemas e aplicativos que mantenham os dados das organizações em sigilo. No mais, com a entrada em vigor da GDPR (General Data Protection Regulation)  na Europa e a futura vigência da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados) no Brasil, está ocorrendo uma mudança na forma como as pessoas e empresas tratam a segurança de dados.

Pensando nisso, abordaremos algumas questões relacionadas à LGPD e vamos mostrar como a cultura DevSecOps pode contribuir no processo de adequação à nova lei de segurança e proteção de dados.

Vamos lá?

Como a LGPD irá afetar as empresas

Seguindo a tendência de outros países, a LGPD representa uma grande mudança na proteção e segurança de dados pessoais no país. Sob a vigência dessa lei, as pessoas passarão a assumir o controle sobre como os seus dados são coletados e processados.

E, em casos de infrações cometidas pelas organizações, essas ficam sujeitas às sanções que vão desde uma advertência, com indicação de prazo para adoção de medidas corretivas, até multas por não conciliação que podem chegar a 2% do faturamento (limitadas a R$ 50 milhões) e até a suspensão parcial ou total de suas atividades. 

Assim, não dá mais para descuidar da segurança de dados pessoais em sua empresa. Estar em conformidade com a LGPD e outras leis de segurança de dados passa a ser uma das principais prioridades das empresas de desenvolvimento de software, já que elas costumam interagir com dados pessoais de milhares de pessoas ao redor do mundo. 

Se você é uma empresa, independente do seu faturamento ou número de funcionários, que lida com quaisquer dados pessoais (nome, identidade, data de nascimento, local, registros biométricos ou qualquer informação educacional, financeira, médica, etc), você deve observar os padrões da LGPD.

DevSecOps e LGPD

Um dos grandes questionamentos que a LGPD traz é como trabalhar em conformidade com suas regras quando se trata de desenvolvimento de sistemas e tecnologias, garantindo a privacidade e a segurança dos dados pessoais. No entanto, a resposta é mais simples do que você imagina: DevSecOps!

Afinal, DevSecOps significa pensar na segurança da aplicação e na infraestrutura de segurança envolvidos no projeto desde o seu início, dentro de uma abordagem DevOps de desenvolvimento ágil.

A cultura DevSecOps coloca a prática de segurança não só ao final do ciclo de vida do desenvolvimento do software, mas em todos os estágios do processo para assim garantir um fluxo seguro e tranquilo, de ponta a ponta. Ou seja, é mais do que apenas um modelo de desenvolvimento de software, mas também uma cultura para trazer mudanças por meio de integração e entrega contínuas, tendo a segurança como condição inegociável.

Porque DevSecOps atende às necessidades de segurança de dados

De uma forma geral, o DevSecOps pode ajudar as empresas a cumprir a LGPD pelos seguintes motivos: 

  • Garante que seu software atenda a todos os padrões de segurança de dados;
  • Promove a segurança como uma responsabilidade coletiva para todos na organização;
  • Tem como foco a entrega mais rápida do software com atenção máxima na segurança;
  • Agiliza o armazenamento, processamento e coleta de dados que podem garantir o acordo adequado;
  • Apresenta uma abordagem lógica, estratégica e potencial para o desenvolvimento de software com a segurança como um componente chave;
  • Tem a capacidade de produzir ótimos resultados na hora de construir softwares modernos com o máximo de qualidade e agilidade. 

Containers e a LGPD

Quando abordamos a segurança de dados, especificamente utilizando os containers, eles contribuem para que as empresas trabalhem de acordo a LGPD pelos seguintes motivos:

  • Proteção de dados confidenciais por meio da detecção de vulnerabilidade: por  meio de varreduras contínuas é possível medir os riscos de vulnerabilidade dos registros de ativos confidenciais, bem como implementar uma correção eficaz no início do processo;
  • Detectar, alertar e responder a atividades suspeitas relacionadas ao container: análises comportamentais dos containers em execução permitem que as organizações possam responder automaticamente às atividades suspeitas, bloquear e conter ataques;
  • Controle de acesso aos ativos confidenciais: permissões de acesso de usuários aos recursos do container são gerenciadas e controladas automaticamente, com base na política de acesso da empresa;
  • Demonstrar conformidade: demonstrar conformidade para controladores e autoridades de supervisão é uma forma de evitar ou minimizar multas em caso de violação. 

Por fim, podemos afirmar que o conceito de DevSecOps é mais um importante aliado na construção de uma estratégia de segurança em toda organização, garantindo que o software produzido seja realizado com segurança desde sua concepção, o que se mostra extremamente necessário quando falamos em trabalhar observando as determinações da LGPD. 

Gostou do nosso conteúdo? Quer saber mais sobre a cultura DevSecOps  e como ela pode ajudar a sua empresa a fazer entregas de TI com a agilidade necessária para atender às demandas cada vez mais urgentes, sem abrir mão da segurança exigida pela LGPD e outras leis de segurança e proteção de dados ao redor do mundo? Fale com um dos nossos especialistas! Teremos prazer em ajudá-lo. 

 

 

Avalie o nível de adoção e maturidade DevOps na sua empresa e entenda os pontos fortes, fracos, lacunas e oportunidades de aprimoramento.

 

Preencha o formulário para conversar com os nossos especialistas e saber como esses métodos podem ajudar a sua empresa chegar ao sucesso.


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *