Análises além do Google Analytics

Resultado de imagem para google analytics logo

As novas tecnologias estão por todas as partes e quem souber transformar os seus dados em informação sairá na frente! Além da voz dada aos compradores, essas tecnologias, estão proporcionando cada vez mais interações e assim, aumentam as expectativas dos usuários dessas plataformas digitais.

Segundo uma pesquisa da Adobe Systems o oferecimento de uma melhor experiência digital deixou de ser apenas uma prioridade, e passou a definir todas as outras prioridades das áreas de marketing e TI. E para a oferecerem, os gestores precisam utilizar algumas plataformas de análises de dados. Hoje, a ferramenta mais conhecida é o Google Analytics, que disponibiliza, de forma genérica, informações sobre como os visitantes chegaram até o site da empresa, o que eles fazem dentro daquela plataforma e quanto tempo lá ficam.

Mas engana-se quem pensa que o Google Analytics deva ser a solução definitiva ou a central para análise dos dados existentes. Existem diversas outras soluções de mercado que entregam informações valiosas para as áreas de TI e Marketing, ao mesmo tempo, tais como: Dynatrace, New Relic, IBM, Adobe e outras. Aqui na Vertigo somos parceiros  da Dynatrace, por exemplo. Escolhemos essa ferramenta por considerar funcionalidades que não ficam claras em outras ferramentas. Esse tipo de ferramenta pode ajudar os gestores a verem, de forma mais detalhada, como está a experiência de seus visitantes através das diversas plataformas digitais (Site, App mobile, Totem, e etc).

A seguir, falaremos sobre 3 soluções que ela entrega. Confira:

/

1. Gestão da Experiência do Usuário

Dentro da plataforma Dynatrace, é possível utilizar a ferramenta UEM (User Experience Management), que permite o profundo monitoramento dos usuários em todos os canais digitais, sim, é viável chegar a descobrir qual linha de código está dando problema na aplicação. Assim, é possível entender, por meio de dados precisos, como funciona a experiência de cada usuário, que esteja logado ou não, a fim de melhorar satisfação, com performance. Com o UEM, os gestores também podem:

  • Gerenciar a experiência dos usuários 24×7, em qualquer dispositivo ou aplicação;
  • Verificar as visitas individuais e entender o que está afetando a experiência dos usuários;
  • Obter informações detalhadas para a equipe de desenvolvimento;
  • Obter indicadores, em tempo real, para a área de vendas e negócio;
  • Identificar e resolver problemas técnicos de forma proativa;
  • Transformar qualquer ação dos usuários em uma métrica de negócios.

2. Monitoramento da Aplicação

Outra ferramenta presente na plataforma Dynatrace é o Synthetic Monitoring, que simula visitas em sites e aplicativos móveis e é possível comparar esses dados com padrões de mercado e até com os do seu concorrente. Com ela, é possível detectar e analisar facilmente componentes problemáticos, antes deles afetarem a experiência dos usuários, seja em ambientes de teste ou produção. Também é possível utilizar essa ferramenta para:

  • Verificar o desempenho do provedor de hospedagem e dos componentes do site;
  • Fazer centenas de testes em poucos segundos;
  • Ver o tempo de resposta de páginas críticas;
  • Comparar o desempenho do site da empresa com os de seus concorrentes;
  • Analisar a experiência dos usuários de aplicações Web 2.0.

3. Análise do Comportamento do Usuário

Com a ferramenta User Behavior Analytics, os gestores conseguem avaliar e compreender melhor o comportamento dos usuários enquanto eles acessam os sites ou aplicações. Eles podem comparar esse comportamento dos usuários com as taxas de conversões e rejeições em todos os canais. Essa ferramenta de análise também permite:

  • Saber quais são as landing pages mais populares;
  • Ver em que páginas os usuários estão saindo e eliminar os problemas técnicos;
  • Verificar os locais mais clicados do site através de mapas de calor;
  • Analisar a jornada de cada cliente pelo site;
  • Monitorar as taxas de desempenho e as falhas em tempo real.

Todas essas três ferramentas disponibilizadas pela plataforma Dynatrace permitem que as empresas tenham uma visão mais clara acerca da experiência de seus usuários. O Google Analytics é uma ferramenta extremamente poderosa, de graça e muito bem difundida, mas não permite saber, por exemplo, onde está o erro dentro de uma página onde o botão de comprar não funciona, uma aplicação que esteja impactando negativamente a experiência dos visitantes, quais aplicações estão sendo usadas por páginas e qual o desempenho do site da empresa em relação aos de seus concorrentes.

Essas são apenas algumas das informações que podem servir como métricas de negócios. Daí a importância dos gestores utilizarem, além do Google Analytics, as ferramentas encontradas na plataforma Dynatrace, por exemplo. Essa combinação dá à eles uma visão completa da experiência e do comportamento dos usuários e pode ajudá-los a elaborar melhor suas estratégias para atingir o sucesso no universo digital.

materiais-omni_channel_varejo

E então, o que achou dessas ferramentas? Aproveite para conhecê-las melhor ou escrever as suas dúvidas ou opiniões sobre elas no campo de comentários abaixo!