6 motivos para começar a Monitorar a Performance de suas Aplicações

6-motivos-para-comecar-a-monitorar-a-performance-de-suas-aplicacoes

Não adianta nada informatizar toda sua empresa e introduzir um sistema ruim, lento ou de difícil usabilidade. Para antecipar esse tipo de cenário de forma eficaz e evitar trabalhos e dores de cabeça para sua equipe, o APM – Monitoramento de Performance de Aplicações – surge como uma boa alternativa. Através dele, é possível analisar como seu time está usando as aplicações corporativas. Com isso, é possível entender melhor se essas aplicações estão oferecendo problemas ou soluções.

Mas as vantagens não param por aí. Elencamos os principais motivos para implementar esse conceito de APM na sua empresa.

1. Melhor entendimento de como funcionam os softwares utilizados por sua empresa

Performance de aplicações é fundamental para entender o que está funcionando e o que não está. A APM torna possível compreender o fluxo de aplicações, como funcionam, e como os usuários estão fazendo uso de sua tecnologia. Isso é essencial para que seu departamento de TI compreenda melhor as demandas do seu negócio e entenda os gargalos que podem custar caro, em temos de produtividade e até mesmo de rentabilidade do negócio. Já pensou se você deixar de faturar por conta de uma aplicação que não está funcionando bem?

2. Redução do tempo e dos gastos com suporte

A monitoria das Performance de aplicações (APM) tem imenso potencial na redução de custos com suporte para corrigir falhas pontuais. Com as otimizações e configurações certas, é possível diminuir a equipe destinada à correção e à validação de bugs e, se assim alocar esse pessoal em outras atividades mais estratégicas dentro da TI.

3. Estímulo à proatividade de sua TI

O APM vai ajudar a sua organização a estimular um ambiente proativo entre os profissionais de TI. Isso porque quando diminuem as chamadas por suporte, devido à falhas e erros frequentes que precisam ser endereçados um de cada vez, sua equipe tem tempo de trabalhar em melhorias contínuas, ou seja, na evolução das suas aplicações.

Com essa técnica, será possível perceber um aumento na proatividade de sua equipe, que estará focada em antecipar problemas e manter sistemas funcionando ao máximo de seu potencial. Essa mudança de postura também pode impactar na geração de receita, pois sua equipe de TI poderá estar mais próxima da área de Negócios para desenvolver novas soluções.

4. Melhor visibilidade das possibilidades de seus softwares

Visibilidade é palavra de ordem quando tratamos de Performance de aplicações. A qualidade dos dados  recolhidos é tão importante para a construção de conhecimento sobre as tecnologias utilizadas quanto para endereçar situações que possam advir do seu uso. Essa visibilidade é tão importante para conhecer o que está acontecendo dentro das suas aplicações, como para saber como que o usuário final se comportar ao interagir com sua ferramenta

Com as métricas e indicadores certos é possível encontrar oportunidades de automatização e fomentar a inovação. Além disso, é possível gerar novas receitas.

5. Administração de recursos com eficiência

A administração de recursos de forma mais assertiva será uma consequência natural do APM. Isso pois, por meio dos dados coletados, ficará fácil filtrar, com segurança, qual software e de hardware precisam ser alocados. Além disso é possível saber qual será a melhor maneira de sanar o problema e otimizar o sistema.

Redimensionar o uso de recursos é uma forma efetiva de economizar sem comprometer a produtividade do negócio. Ou seja, é possível realocar parte da verba de TI para novos projetos. As economias resultam de um bom monitoramento e apresentam ganhos comparáveis aos possibilitados pela computação em nuvem.

6. Garantia da satisfação dos usuários de Performance de aplicações

Usuários satisfeitos, que compreendem melhor o funcionamento das ferramentas que têm disponíveis, são usuários produtivos. Performance de aplicações facilita a vida da equipe, tornando seus sistemas mais eficientes a partir da experiência dos usuários.

Sistemas eficientes oferecem qualidade e são excelentes para manter funcionários e clientes felizes, com entregas precisas e taxas de sucesso.

Conclusão

Caso queira conhecer o que está acontecendo em seus sistemas/aplicações é importante que você conheça a Performance de Aplicações. Essa solução é capaz de lhe oferecer métricas claras sobre o que está acontecendo, em tempo real, e isso pode gerar diversos insights técnicos e de negócios também.  

Existem diversas empresas que possuem soluções nessa linha, tais como Microsoft e IBM. Aqui na Vertigo, nós trabalhamos com a Dynatrace, que é uma ferramenta considerada líder pelo Gartner.

Para construir conhecimento, melhorar processos internos e aumentar a satisfação de sua equipe, APM é um investimento baixo e capaz de oferecer retorno garantido a seu negócio.

Ficou interessado nessa incrível tecnologia? Assine nossa newsletter e fique por dentro de dos nosso conteúdos sobre APM!