Análises além do Google Analytics

Resultado de imagem para google analytics logo

As novas tecnologias estão por todas as partes e quem souber transformar os seus dados em informação sairá na frente! Além da voz dada aos compradores, essas tecnologias, estão proporcionando cada vez mais interações e assim, aumentam as expectativas dos usuários dessas plataformas digitais.

Segundo uma pesquisa da Adobe Systems o oferecimento de uma melhor experiência digital deixou de ser apenas uma prioridade, e passou a definir todas as outras prioridades das áreas de marketing e TI. E para a oferecerem, os gestores precisam utilizar algumas plataformas de análises de dados. Hoje, a ferramenta mais conhecida é o Google Analytics, que disponibiliza, de forma genérica, informações sobre como os visitantes chegaram até o site da empresa, o que eles fazem dentro daquela plataforma e quanto tempo lá ficam.

Mas engana-se quem pensa que o Google Analytics deva ser a solução definitiva ou a central para análise dos dados existentes. Existem diversas outras soluções de mercado que entregam informações valiosas para as áreas de TI e Marketing, ao mesmo tempo, tais como: Dynatrace, New Relic, IBM, Adobe e outras. Aqui na Vertigo somos parceiros  da Dynatrace, por exemplo. Escolhemos essa ferramenta por considerar funcionalidades que não ficam claras em outras ferramentas. Esse tipo de ferramenta pode ajudar os gestores a verem, de forma mais detalhada, como está a experiência de seus visitantes através das diversas plataformas digitais (Site, App mobile, Totem, e etc).

A seguir, falaremos sobre 3 soluções que ela entrega. Confira:

/

Leia mais


Vendas no e-commerce: seu site está preparado para picos de acesso?

Vendas no e-commerce: seu site está preparado para picos de acesso? Para muitos e-commerces, as vendas em datas especiais e promoções são determinantes para a receita anual. Por isso, nessas ocasiões são realizados grandes investimentos em mídia digital. São desenvolvidos os melhores descontos e condições para atrair mais clientes usando a estratégia de link patrocinado, justamente para aumentar o acesso ao site, além de outras estratégias, mas será isso suficiente para o que você está projetando?

Ações promocionais devem envolver apenas as equipes de Marketing e Vendas?

Imagine a seguinte situação: você possui uma loja física e anuncia uma grande promoção. Consegue atrair uma grande quantidade de clientes e seu espaço fica lotado! Perfeito, certo? Mas isso impede você de atender a todos os clientes e alguns ficam sem ser atendidos, menos mal pois você conseguiu atender à uma parcela deles.

Leia mais


Tráfego Online: Robôs de Busca & Métricas Digitais

Você sabia que mais da metade do tráfego on-line é gerado por robôs? Existem usuários da rede que são robôs (bots) alguns de busca (Tipo Google) e outros não, são ferramentas digitais que executam tarefas sem a interferência humana! E mais: são diferentes tipos de bots. E o mais surpreendente, eles já são a maioria de usuários no tráfego on-line. Como isso acontece? Por que isso acontece? Como isso afeta as visitas ao site de sua empresa? É possível separar as visitas humanas daquelas feitas por robôs? Essas são algumas perguntas esclareceremos no artigo de hoje. Continue a leitura!

Quais são os percentuais de tráfego on-line?

Antes de qualquer coisa é bom saber que existem vários tipos de bots: robôs de busca (que organizam a informação na internet), programas espiões, scrapers (ladrões de conteúdo), programas de ataques hackers, comentários spam e impersonators (que deixam lentos os sites concorrentes). Todos eles ajudam a aumentar o tráfego na internet quando interagem com as páginas, fazendo downloads e uploads de arquivos. Segundo a Incapsula, que analisou 1,45 bilhão de acessos em 90 dias, existem cerca de 2 bilhões de pessoas conectadas a internet. No entanto, 61,5% do tráfego são gerados por bots. Já dá para imaginar a fatia dos robôs! Mas essa fatia também possui outras subdivisões: 20% para robôs de busca, 19% para programas espiões, 5% para scrapers, 5% para programas de ataques usados por hackers e 2% para comentários spam.

Leia mais


API Economy: como usar a TI de forma estratégica

Você com certeza sabe da importância da Tecnologia da Informação (TI) para a sua empresa. Mas você já parou para pensar se sua equipe de TI está sendo utilizada de forma estratégica? Muitas vezes, as empresas entendem que o foco da TI deva ser residindo somente nas ações internas ao negócio e de forma pontual, quando na verdade, deveriam focar também no que está externo à organização, principalmente aos novos modelos de negócios de surgem através da Tecnologia. As maiores empresas do mundo se valem da Tecnologia da Informação para se manter no topo. É sobre isso que queremos conversar, e essa ideia tem relação direta com o conceito de APIs, que está transformando o a realidade das empresas, seja ela com foco em B2B ou B2C.

Leia mais


5 principais desafios de TI para 2017

5 principais desafios de TI para 2016 Pensar o futuro da TI é um desafio constante de gestores em todo o mundo, estar conectado às principais tendências com o potencial de mudar a rotina desses profissionais e revolucionar processos internos é obrigatório se a sua empresa deseja se manter competitiva. Assim, listamos os principais desafios de TI que prometem atingir o ano de 2016/2017 para você ficar de olho.

Desenvolver produtos que integrem os wearables à rotina de seus usuários

Leia mais


Monitoramento de Aplicações: Qual a importância para a TI?

Comprovar e garantir a eficiência dos sistemas implementados seja ele qual for, em sua empresa é tão importante quanto implementá-los. Avaliar a performance desses sistemas para obter métricas relevantes que melhorem a entrega da sua solução de negócios, é um diferencial e tanto, que vai ajudar sua empresa a se colocar na frente dos concorrentes seja por performance ou por oferecer uma melhor experiência ao usuário do seu serviço.

Monitoramento de Aplicações é uma forma efetiva de assegurar que os esforços dos  diversos departamentos da empresa estão gerando resultado, pois é possível saber o quanto que cada sistemas está sendo usado e até como que está performando. Cada área tem um KPI diferente que precisa ser monitorado e através desse monitoramento, isso pode ser em tempo real.

Leia mais


Por que devo monitorar a performance online do meu negócio?

Uma das melhoras formas de saber se o seu negócio está trazendo resultados e quais os pontos críticos que necessitam de melhorias é fazendo o monitoramento das atividades, inclusive da performance online das aplicações utilizadas na empresa. No entanto, essa gestão, muitas vezes, é deixada de lado em meio a correria do dia a dia. Pode parecer que não, mas adiar o monitoramento da performance online vai cobrar um preço caro para o seu negócio no futuro. Se você ainda está com receio ou não acredita que essa atividade é tão importante assim, continue lendo o nosso artigo e entenda um pouco mais sobre a sua importância.

Para que serve o monitoramento de performance online?

Leia mais


Canais

Assine a nossa newsletter:

   


Av. Rio Branco, 151, sala 1002 – Centro
Rio de Janeiro, RJ - Brasil
CEP 20040-911
+55 (21) 2232-0123